domingo, 9 de agosto de 2009

A Europa fecha suas portas


Neste sábado a Itália divulgou a aprovação do pacote de medidas para controlar e impedir a entrada de imigrantes ilegais no país.
O Clarin, na Argentina disse que " por lei, um imigrante ilegal agora será considerado delinquente".
Para o El País, da Espanha " os 650.000 imigrantes ilegais, que se estima vivem hoje na Itália, a partir de agora serão considerados criminosos".
Menos de 24 horas depois da lei entrar em vigor já são registradas as primeiras detenções,como publicou o Estadão, com reportagem da agência EFE.
Alguns amigos argentinos e brasileiros que vivem na Espanha, Inglaterra e Itália, me disseram que a impressa européia está divulgando nos últimos tempos que os governos daquele continente estão estudando medidas para impedir cada vez mais a chegada de imigrantes, sobretudo da Africa e América do Sul.
A crise econômica mundial é um dos fatores que leva pessoas migrarem para tentar uma vida melhor na Europa, visto que entrar nos Estados Unidos é praticamente impossível.
Gustavo, um amigo argentino que esteve na Espanha no início do ano, me contou que os espanhóis estão reagindo com discriminação aos sul americanos, pois consideram que estes são ameaças para seus empregos. Depois de passar três meses em Barcelona, meu amigo voltou para Córdoba com a certeza de que não será possível tentar a vida na Europa tão cedo.

* (foto jornal online A bola - Portugal)
** ver post em que outro amigo me escreve sobre crise e imigração na España.

Nenhum comentário: