quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Toda mídia será social

Quem é que ainda não se perde com termos como: novas mídias, internet 2.0, convergência de mídia, etc? Uma dica ótima de leitura para entender esses termos e refletir sobre o futuro da Comunicação Social é ‘O Jornalismo e a Mídia Social’, do jornalista blumenauense Evandro de Assis.

O livro analisa as mudanças na comunicação através da digitalização e reflete sobre como os jornalistas devem se posicionar diante dessa revolução. Apesar do conservadorismo de muitos profissionais da imprensa, segundo o autor “a mídia social está finalmente tornando pública a informação, oferecendo-a para quem quiser acessar, consumir, manipular e distribuir do jeito que bem entender”.

Mas a obra não é apenas analítica. De Assis ainda traz dicas práticas para serem aplicadas por qualquer pessoa que queira comunicar bem através da internet, otimizando os mecanismos para ser encontrado pelos sites de busca, por exemplo. O ponto alto da obra, a meu ver, é quando ele instiga os profissionais e estudantes a se adaptarem antes que seja tarde. Afirma que “ao lado do público, jornalistas são mais úteis”, ressaltando que não existem mais leitores/ espectadores passivos; a liberdade de interação entre o veículo de comunicação e seu público alvo é o que define até onde vai durar a relação entre eles.

O Jornalismo e a Mídia Social tem 83 páginas. Foi editado pela EDIFURB, em 2009.

Evandro de Assis é editor de Economia e Política do Jornal de Santa Catarina - o periódico de maior tiragem no vale do Itajaí, em SC - especialista em Convergências em Comunicação e professor universitário.

Nenhum comentário: